Discussão: Ritual Gnóstico do Pentagrama ou "RGP"

Tg_cardoso mais de 9 anos

Caros amigos,

93

Há algum tempo andei pesquisando e percebi que em muitas Ordens e percebi que agora poucos estão usando os rituais de banimento antigos como o RPM (evidentemente ainda é muito usado), porém hoje em dia poucas pessoas estão ligadas ao misticismo Hebraico como percebi em certo site, pois como Todos sabemos no RPM por exemplo tiramos poder do nome dos Deuses e dos anjos principalmente na vibração correta porém como ja foi até divulgado em um dos tópicos muitas pessoas não conseguem promover tais vibrações por não conseguirem entoar os nomes direito que em sua maioria são em Latim, e assim promovem certa ineficácia, exatamente por isso agora costumam usar o :

RITUAL GNÓSTICO DO PENTAGRAMA

E sobre o mesmo que eu queria discutir com os Srs,

o que acham ? já testaram ? conhecem alguém que pratica ?

Amor é a lei, 93/93

Fraternalmente:

THIAGO CARDOSO

Ricardo9156 mais de 9 anos

Eu ja fiz,trata-se daquele usado na IOT ne,mas eu fiz mais de mes,nao notei nada de especial,mas talvez nao tenha feito bastante para ser efeito.

sds

ric

Lorkshem mais de 9 anos

Porque ninguem mais se pronunciou?

Será que o fato de a ponta que no RPM estava voltada pra cima, no RGP esta voltada pra baixo faz diferença?

Será que a ordem em que os traços são feitos fazem difernça?

Acredito que faz mais diferença do que a pronuncia dos nomes divinos!

Tibuda mais de 9 anos

Será que o fato de a ponta que no RPM estava voltada pra cima, no RGP esta voltada pra baixo faz diferença?

A versão que tenho do ritual não há nenhuma menção sobre como o pentagrama deve ser desenhado (se invertido ou se banindo algum elemento específico). Eu tenho feito o RGP diariamente com o pentagrama normal (virado pra cima) de banimento da terra mesmo (como no RMeP) e tenho tido bons resultados. (por bons resultados eu quero dizer que toda vez que esqueço de fazer o ritual antes de dormir, eu tenho um pesadelo ou acordo no meio da noite sem conseguir dormir de novo)

Será que a ordem em que os traços são feitos fazem difernça?

Certamente. A ordem dos traços define se você está invocando ou banindo e também qual elemento. O Liber O tem desenhos explicativos.

Acredito que faz mais diferença do que a pronuncia dos nomes divinos!

Concrdo. Em vez de deixar a mente preocupada com a pronúncia correta dos nomes, você pronuncia vogais que não tem como errar. Eu também li em algum lugar (não lembro ao certo) que essa sequência I-E-A-O-U é uma extensão da sigla I-A-O...

Lorkshem mais de 9 anos

Tambem vi esse método na AGEACAC. Uma associação gnostica...

E o som das vogais parece ter ligação com os chackras e consequentemente com os elementos.

Não tenho certeza, mas se é o ritual GNOSTICO do pentagrama, o ponto de vista deles deve fazer sentido.

Onde esse método é indicado no material thelemico?(se não houver nenhuma indicação dele, desconsiderar a pergunta)

Adriano kurumu mais de 9 anos

Saudações Caríssimos Amigos!

Eu o prático e tenho tido bons resultados sim.

O Ritual Gnóstico do Pentagrama acredito ter sido descrito pela primeira vez no liber KKK, uma publicação de autoria de Peter Carrol, um dos fundadores da (Illuminates of Thanateros).

O RGP é um rito de banimento que, como tudo de caráter caótico visa ser uma simples base para que o magista(termo feio!!! [:o] ) construa, explore e utilize seu Subconsciente através de símbolos pessoais com os quais se identifica, sendo estes já existentes em qualquer campo(ficçional ou real) ou não...

O individuo é incentivado não a se moldar conforme sistema A ou B, mas sim a criar o seu sistema C...

O RGP assim com todos os rituais caóticos não escapam a essa concepção.

Eu por exemplo, utilizo o RGP há algum tempo e conforme o tempo fui modelando-o conforme minha necessidade e meu Espírito, utilizando(por exemplo) ao invés da verbalização de I,E,A,O,U a verbalização de [size=150:323plnn1]א,ב,ג,ד,ה cujos quais tem muito mais significado para mim.

(putz - rsr, acho que até fugi do proposto pelo tópico)

Dyulax mais de 9 anos

Qual é o problema com os Rituais do Pentagrama segundo o Lévi e a Golden Dawn?

Eu não sou judeu, mas eles funcionam!

Adriano kurumu mais de 9 anos

Qual é o problema com os Rituais do Pentagrama segundo o Lévi e a Golden Dawn?

Eu não sou judeu, mas eles funcionam!

Nenhum, porém porque usá-los quando não é de nossa Vontade?

Porque não destruí-los, porque não reforma-los, porque não recriá-los quando assim diz nossa Vontade?

A questão é que cada um de nós é algo complexo a ser entendido, e por vezes não nos identificamos e por vezes não queremos daquela maneira, simples assim...

Nossa Vontade deveria ser livre para alterar, destruir e criar tudo aquilo que queremos...

Sou inspetor escolar e fico admirado toda vez que vejo uma criança fazendo o oposto daquilo que lhe ordenaram, é lindo.... [;)]

Tg_cardoso mais de 9 anos

Caro amigo,

93

Caro amigo não confunda "faça o que tu queres, será o todo da lei" com: seja rebelde....

ponto.

Ao que diz respeito aos rituais, todos nós somos encorajados a criar-mos os nossos próprios, tendo em vista Vsa relação com seu Neófito em um determinado tempo, os rituais que normalmente são usados como o RPM, RGP, RMP, dentre outros são rituais que foram usados por grandes nomes como Crwley quando estava na G.'.D.'. por exemplo. e outros pupilos se tornaram adeptos.

Porque não destruí-los, porque não reforma-los, porque não recriá-los quando assim diz nossa Vontade?

O que é magia para Vsa ? ? ?

Sou inspetor escolar e fico admirado toda vez que vejo uma criança fazendo o oposto daquilo que lhe ordenaram, é lindo....

vou lhe esclarecer um segredo( [:lol:] [:lol:] [:lol:] )...quando Vsa pede a uma criança para ela fazer algo e a mesma o faz de forma contraria, isso chama-se psicologia reversa e não tem nada à ver com V.V, se é assim que Vsa pensa.

93,93/93

Fraternalmente:

THIAGO CARDOSO.

Adriano kurumu mais de 9 anos

[8-)]

Adriano kurumu mais de 9 anos

Entendo que fazer o que tu queres não é fazer o que desejas ,mas sim fazer o que realmente se Quer, ou seja fazer a sua Vontade...

Qual é a sua Vontade?

Magia para mim é A Arte e ciência de transformar e conduzir tudo a partir de minha Vontade.

Sobre a desobediência... [:lol:]

Sinceramente, é lindo sim! [:mrgreen:]

Psicologia Reversa que nada, isso se chama poder, as crianças que mesmo estando constantemente presas por seus mais íntimos e ditos educadores(que muitas das vezes são mais dominadores que lhe negam a experiência) se rebelam (não sei se consciente ou inconscientemente) para mim demonstra força sim , e isso é lindo!

Dyulax mais de 9 anos

Usem a modificação do R.P. que quiserem. O que importa é que funcione. Mas para saber se funciona, é preciso adquirir maestria sobre o primeiro, até criar liberdade para modificar os pontos que poderiam funcionar melhor (para você) - ou pegar um pronto e comparar.

Dyulax mais de 9 anos

Entendo que fazer o que tu queres não é fazer o que desejas ,mas sim fazer o que realmente se Quer, ou seja fazer a sua Vontade...

Qual é a sua Vontade?

E qual seria a sua Verdadeira Vontade?

Tibuda mais de 9 anos

3dt4igo]Qual é o problema com os Rituais do Pentagrama segundo o Lévi e a Golden Dawn?

Eu não sou judeu, mas eles funcionam!

Problema nenhum, afinal o RMeP é "a medicina dos metais e a pedra dos sábios".

Eu usei o RGP por um certo tempo, mas acabei voltando para o RMeP. Em minha experiência, o RGP é sim eficaz, mas muito simplificado pro meu gosto. Essa simplificação é uma vantagem para principiantes, que não têm a preocupação de fazer a pronúncia correta dos nomes divinos neste ritual, porém a utilização de um idioma estranho (Crowley chama de "conjurações bárbaras") como o hebraico aumenta a eficácia do ritual. Até mesmo a IOT concorda com isso, e até criou um idioma para ser usado com esse propósito.

Adriano kurumu mais de 9 anos

Usem a modificação do R.P. que quiserem. O que importa é que funcione. Mas para saber se funciona, é preciso adquirir maestria sobre o primeiro, até criar liberdade para modificar os pontos que poderiam funcionar melhor (para você) - ou pegar um pronto e comparar.

É nisso eu não posso discordar...

Tg_cardoso mais de 9 anos

Caros,

93

Parem e pensem...por que modificar um ritual ? por que não surge efeito com um mas funciona com outro ? para que está sendo usado qual o momento ? o que seu Neófito ou padrinho acha que está acontecendo ? seu Neófito nunca lhe falou sobre Rituais próprios diários, quando se para pra pensar vemos muitas das vezes que um ritual seja ele qual for pode ser substituído de forma que quiserem, mas e ai ? qual o intuito principal ? modifica-lo pra que ?

Tudo é relativo, todo numero é infinito não tem diferença....

o que faz a diferença é o propósito do Magista, o principio do mesmo e sua disciplina ao postulado que lhe é imposto por seu Padrinho, Neófito, etc...

Espero ter passado algo, para quem leu.

Amor é a lei, 93/93

Fraternalmente:

THIAGO CARDOSO.

Adriano kurumu mais de 9 anos

Intento...

Intento!

Adriano kurumu mais de 9 anos

Tocaste num ponto muito similar em abordagem ao do intento descrito por Carlos Castaneda...

Existe um texto de autoria de um Guerreiro que aborda muito bem a esse respeito :

http://www.ish.org.br/textos/poderdointento.htm