Discussão: Kabbalah Draconiana - Árvore da Morte

Renanaleph mais de 8 anos

Minhas saudações, irmãos de caminhada evolutiva.

Crio este tópico para tirar melhor as minhas dúvidas sobre a Kabbalah da tradição Draconiana e práticas relacionadas a Qliphoths. Compreendo que tem muitos poucos adeptos da Kabbalah Draconiana por ser um sistema que surgiu em pouco tempo, inclusive é um dos elementos do Satanismo Anti-cósmico *Me corrijam se eu estiver errado. Eu gostaria de saber quem aqui trabalha com as Qliphoth's e os resultados que obteram com as tais praticas. Aí eu pergunto: Como funciona tais praticas meditativas na Árvore da Morte? Os Ritos? O preparo? A invocação dos Demônios? Preciso saber, pois venho estudando e tenho meditado nos túneis da Árvore da Morte, sendo que não tenho resultados, ou se obtenho, desconheço. Tive uma experiência nada boa quando meditava nos túneis e, é por isso que estou aqui para ter esclarecimentos mais sobre a parte prática da Kabbalah Draconiana, Cabala Qliphótica, Kabbalah Goética... São os assuntos a serem abordados nesse tópico. Agradeço a atenção e ajuda de todos. "Fazer oque queres, essa é a Lei; Não existe nenhuma outra além de fazer oque queres."* [:)]

Pedro mais de 8 anos

Bem. Se não me engano, esta forma de Cabala é associada à magia com runas. Conheço um livro sobre o assunto, mas está em inglês. É o Uthark de autoria de Thomas Karlson(criador da Dragon Rouge). Está disponível apenas no 4shared.

Aluvaia mais de 8 anos

Existe um livro em português chamado justamente "A Cabala Draconiana" do Sr. Adriano Camargo Monteiro, que é um dos difusores desse tipo de prática no Brasil. É uma leitura instrutiva e agradável. [:twisted:]

Renanaleph mais de 8 anos

Valeu mesmo, cara. Vou ver se consigo achar um programa para traduzir pdf's e farei o download deste livro que vós recomendou que esta em inglês. O livro de Kenneth Grant acabei de baixar, conheço o livro Cabala Draconina de Adriano Camargo (Pretendo compra-lo, pois não tem download do mesmo). Obrigado pelas recomendações literárias. Vocês trabalham com Qliphoth's? Se trabalham, quais os resultados que obteram com as praticas? *"Amor é a Lei, Amor sob vontade."***

Renanaleph mais de 8 anos

Otz daath (Árvore da Morte). Como vocês descrevem esse desenho?

no alt

Lorkshem mais de 8 anos

Ingles? VC abriu e viu o conteudo do arquivo? Apenas o titulo esta em ingles!

E quanto ao trabalho com Qliphot vc pode usar os mesmo principio de Liber 777 indicao em Liber O. Vc pode comparar a coluna VII com as informações adquiridas no Nightsite of Eden.

Liber Arcanorum tambem apresenta algumas indicações acerca de genios "qliphoticos".

Assim como os caminhos convencionais, são raros os rituais "montados" e "prontos para usar" nas obras de Crowley.

Mas vc mesmo pode montar seus rituais com a ajuda de Liber Astarte Vel Berryli!

Ah! Magia Sexual Epsilon tambem funciona de forma bastante eficaz com entidades qliphoticas.

Lorkshem mais de 8 anos

Otz daath (Árvore da Morte). Como vocês descrevem esse desenho?

Seu desenho segue o mesmo princípio da árvore da vida...

Renanaleph mais de 8 anos

Lorkshem, falo do livro que o amigo acima recomendou. O qual você recomendou eu já baixei em Português. Beleza, vou conferir. Valeu.

Renanaleph mais de 8 anos

Onde posso encontrar o Liber 777 e o Liber O em Português?

Pedro mais de 8 anos

Aqui no hadnu mesmo. Quanto ao desenho, tem um idêntico no livro do Thomas Karlson. Cada esfera é atribuída a uma runa. Enfim, é o mesmo princípio da cabala hebraica. [:D]

Pedro mais de 8 anos

Pera lá... Estou lembrando de algo interessante agora... Não sei se alguém aí leu o livro "Mistérios e Práticas da lei de Umbanda", que o Lorkshem postou no tópico sobre incorporações na Umbanda, mas nele o autor diz que a única tradição cabalística original é a da "Cabala nórdica", da qual segundo ele a cabala hebraica seria um plágio. Se analizarmos, tal informação tem procedimento, pois os povos nórdicos existiram antes da criação da religião judaica.

Renanaleph mais de 8 anos

Eu estive procurando textos relacionados com o Liber 777 e as praticas do mesmo, encontrei nessa pág do site da Astrum Argentum http://www.astrumargentum.org/arquivos/ht/libri/libri_6.htm falando sobre o Liber 777, e nela tem o Ritual menor do Pentagram e outros. Será útil esses rituais do pentagrama e hexagrama? É necessário de uma postura correta para se meditar nos túneis da otz daath? Qual seria? Obrigado.

Pedro mais de 8 anos

Para tal fim, acho mais conveniente que consulte o Liber O vel magus et sagitae. Não compreendi muito bem o que quis dizer com "posição", mas se refere a algum asana, eu acho(é uma opinião minha, portanto não sei se pode ser aceita) que deve usar a que você achar melhor. No livro Hatha Yoga Pradipika e em Shiva Samhita, são descritas algumas asanas, além das contidas no liber O. Enfim, pesquise, e escolha a posição na qual você se sente mais firme e confortável.

Renanaleph aproximadamente 8 anos

O quê **Gargophias* associado a esfera Daath (Conhecimento) representa na Árvore das Vidas?*

Lorkshem aproximadamente 8 anos

Como assim associada a esfera Daath?

Gargophias é a guardião qliphotica associada a Sacerditosa!

E contem suas respectivas associações. [linha 13 do Liber 777]

Renanaleph aproximadamente 8 anos

Foi um mal entendido, pois não conhecia o mesmo e vi em algum site esse nome e gostaria de saber a que Gargophias esta associado e o que ele representa. Mas como já esta respondido. Obrigado.

Lorkshem aproximadamente 8 anos

GARGOPHIAS - Guardião do 13o Túnel - a paralela da Grande Sacerdotisa. Grant chama esse arcano de "bruxaria batraquiana", uma vez que ele se associa à deusa Hecate (a deusa da cabeça de rã). Gargophias silenciosamente observa o magista mergulhar fundo nas relações sexuais (a copulação do Caos e do Tempo). Sua magia é a da interpretação de sonhos e a clarividência. Sua doença é o mal funcionamento da menstruação.

13º Caminho - Gargophias.

" O décimo terceiro caminho é obtido com o kala lunar. O nome dessa sombra-guardiã é Gargophias que deverá ser vibrado ou ´uivado ´em repetições regulares na chave do ´G ´ agudo. ( Nota 1: A natureza líquida dessa entidade sugere que a evocação seja acompanhada por algum instrumento de fio como videira, a citara ou arpa) O sigilo de Gargophias mostra uma espada em pé com um olho em cada lado da lâmina em cima de um ovo e uam lua crecente. A espada é tipíco da Mulher como o primeiro que corta em dois.. Os dois olhos representam a lunação dual, com ênfase no período do eclípse. "

ג Gitωnosapᶲωllois Gargophias

Fontes diversas...

Drako mais de 5 anos

Olá!

A Qabalah Qliphotica das organizações e grupos Draconianos não é Satanismo, como entendemos atualmente o termo (negação do Cristianismo, cruz invertida, etc.). O mago das sombras pode operar com a Luz e a Escuridão. Esta é sua liberdade, que o caminho da direita nega.

Eu tenho trabalhado com as Qliphoth e posso dizer que "experiência desagradável" é frequente e comum. Este é um caminho muito perigoso e certamente não é para qualquer um. Sua vida pode virar (e provavelmente vai) de cabeça para baixo. Isto porque estas energias são o lado escuro do Divino e operam de maneira diversa. O "lado luminoso" te cobre de bênçãos inicialmente. Mas depois, segure o rojão hehe
O lado escuro (pelo menos esta é minha experiência e dedução baseada nos escritos dos irmãos mais antigos) inicialmente varre todo seu universo e seus conceitos. Sua saúde pode piorar, tuas finanças podem piorar, situações esquisitas e muito desagradáveis podem surgir, mas se você passar a "ordália" terá surpresas muito boas!! A iluminação Luciferiana é muito interessante para os que "são do sangue". Atualmente, a Ordem Dragon Rouge ensina todos os detalhes dos trabalhos com as esferas negras e os túneis de Set. Faço parte de um grupo fundado pela genial artista Asenath Mason, o Temple of Ascending Flame. Asenath Mason é uma "graduada" na Ordem Dragon Rouge, e após fundar e operar por 10 anos a Loja Magan (Dragon Rouge), na Polônia, os trabalhos foram encerrados e ela deu início ao Templo da Chama Ascendente. O material é totalmente em Inglês. Ela recomenda muito tato nesta senda. Não se paga nada, exceto dedicação, interesse e seriedade em estudar e trilhar o caminho da esquerda. Não é uma "ordem oculta" com graus, hierarquias e politicagens. O caminho é bem difícil, mas muito poderoso. Em poucos meses na trilha da noite, curei patologias de personalidade, avancei mais do que imaginei possível, em entendimento do universo, poder, coragem, autoconhecimento e sabedoria. Mas é como disse... Você vai destrancar os portais do abismo e terá as mais negras visões e visitações. Se sentirá culpado...Sua vida pode mesmo sair do trilho. Apenas quem está bem protegido deveria meter o pé neste caminho pois as forças psicológicas em ação são primais, poderosas e bem perigosas, ou então, ser chamado pelo Portador da Luz...

Do livro Qabalah, Qliphoth and Goetic Magic, do Thomas Karlson:

"Quando as emanações da esquerda se libertaram da harmoniosa unidade da Árvore da Vida, elas caíram no abismo (daí o Daath, que é considerado o portal para esta outra árvore [n. do t.]) e constituem o anti-mundo da criação de Deus. O lado esquerdo se torna um mundo independente em oposição à Árvore da Vida e o lado direito, uma polarização antagônica entre o lado bom e o mau, surge da unidade original. A Árvore da Vida, a criação de Deus, é chamada Sitra-de-Kedusha, o 'lado sagrado'. O mundo do mal é simplesmente chamado de 'o Outro Lado' Sitra Ahra."

O livro aborda em detalhes as muitas teorias dentro da própria Kabbalah sobre a origem do mal, a árvore da noite, etc.

Se você não teme a noite, vale a pena praticar, mas com orientação. O TAF da Asenath é muito bom pois ela realmente procura ensinar. Todos os candidatos são analisados para ver se este é realmente um caminho para eles, e eles também devem fazer esta auto-análise. E prosseguir bem devagar, com orientação...

93's!

Drako

Aluvaia mais de 5 anos

O que eu não curto muito é essa coisa maniqueísta de “direita”, “esquerda”, “luminoso”, “escuro”... Acho que não aceito muito essas definições porque não vejo como externas todas essas experiências e ambiências, de forma que se tudo está em mim e eu sou um só ser integral e não parcial, pode até haver pluralidade dada a complexidade da criatura humana, mas não dualidade baseada em termos tão simples.

Outra coisa é essa história de que o “lado luminoso te cobre de bênçãos” e que “o lado escuro varre seu universo” e “se passar a ordália terá surpresas muito boas”.

Quando se trata de magia, o que eu menos quero são surpresas... rsrsrsrsrs

Na verdade, acredito que a energia empregada na medida certa e mediante a técnica correta deverá produzir os efeitos desejados. E tenho certeza que quero boa saúde, situação financeira confortável (ainda estou remando, mas trabalhando eu chego lá) e nada nem esquisito, nem necessariamente desagradável. Não creio em bênçãos, creio em frutos.

Mas acho legal essa coisa da perscrutação do subconsciente. Acredito que não tem mesmo que ter medo de se explorar, se descobrir e se aceitar como uma criatura múltipla e multifacetada, ainda que expressão de um princípio Único.

Aluvaia mais de 5 anos

Ah, sim... Esqueci de dizer que me agrada também a ideia de se operar com as Qliphoth paralelamente às Sephitoth. Mas “paralelamente”, e não “exclusivamente”.