Discussão: Trabalho com Tattwas

Jc_alves mais de 2 anos

Olá pessoal.

Sou iniciante e autodidata nesse trabalho, e isso obviamente implica que eu não tenho auxilio de nenhum instrutor, pois bem, até agora tenho implementado no meu curriculo (além das meditações) apenas os rmp's e o pilar do meio e tenho sentido que o proximo passo do trabalho seja adquirir a proeficiencia de se trabalhar a visualização através dos tattwas, o problema é que toda a literatura que tem me chegado em mãos até agora, adverte que isso não deve ser iniciado sem o auxilio de um instrutor já experiente, como não possuo tal regalia, alguém que trabalha ou já trabalhou com tattwas pode me esclareçer se isso é realmente necessario?, e quais são os ''perigos'' reais? (se é que existem), de se trabalhar nessa área sem um auxilio correto? uns conselhos também do pessoal da comunidade viriam muito a calhar. :-)

Obrigado.

Aluvaia mais de 2 anos

Pessoalmente, se eu tivesse esperado aparecer um instrutor na minha vida jamais teria feito coisa alguma. De maneira que eu não teria receio de experimentar. Realmente não vejo que “perigos” seriam esses.

Sabe, essa tigrada do oculto adora uma mistificação, advertências sobre perigos terríveis, obsessão, loucura, morte... e você sabe porque motivo? Porque quanto mais “perigoso” eu pinto o caminho pelo qual digo que ando, tanto mais fodástico eu pareço, EU o Grande Mago Supremo Maravilhoso Gatão Implacável que o trilho esse caminho e tiro tudo de letra, dou tapa na cara do demônio, chuto a bunda do espírito maligno, atravesso as dimensões inexploradas, conjuro e desconjuro, faço e aconteço... Tudo bobagem! É só o ego querendo ser especial e tentando se mostrar melhor do que os outros. Não ligue e nem se deixe influenciar.

Se eu tivesse que dar um conselho pra mim mesmo há 15 ou 20 anos atrás eu diria: “NÃO ACREDITE EM NADA DO QUE ELES DISSEREM”.

Quer brincar de Tattwas, meu irmão? Vá em frente. Experimente, tire suas próprias conclusões, anote suas impressões, experimente de novo, compare com as outras vezes... Não existe autoridade maior do que a sua, nem tampouco instrutor melhor do que você mesmo. Errar não é errado, nem proibido. Fracassar não está fora de cogitação. Cansar disso e resolver brincar de outra coisa é uma possibilidade. Divertir-se e ter prazer deve ser uma das principais motivações. E não tenha medo de nada!

Boa sorte!

Michelerafaelly93 aproximadamente 2 anos

Jc Alves
93
De fato como disse o amigo acima, não se apegue a instrutor, geralmente as obras de antigos iniciciados não tinham a ânsia em divulgar seus conhecimentos aos que chamavam de indignos de obter aquela iluminação, portanto, não há problema algum em voce realizar a viagem aos tatwas ou simplesmente a meditação nos mesmos. O conhecimento está para aqueles que buscam, não precisa temer nada.
Apenas continue assim em seu ritmo degrau a degrau.
Um excelente livro que me foi indicado e muito bem detalhado é The Golden Dawn -A aurora dourada.

Frater_oculto quase 2 anos

Pessoal, poderiam me indicar livros em português sobre o assunto?