Discussão: Sensor psiquico

Desativado2060 mais de 1 ano

Quais técnicas de enganar o sensor psiquico vcs acham mais eficazes na prática? A de ter um outro tópico ou até msm um sigilo para fuga da atenção, funciona bem? E quanto ao alfabeto do desejo, alguém sabe dizer se ele faz muita diferença no sigilo? Obg

Aluvaia mais de 1 ano

Bom, existe o mundo ideal... e existe a prática.

Antes de qualquer coisa, permita que eu corrija você num detalhe que talvez você também entenda como sendo importante: na literatura este mecanismo intrapsíquico é referido como CENSOR, com "c", diz respeito à censura e não à sensação. Eu antes também confundia, e percebi por acaso, mas acho que realmente faz sentido, pois trata-se de um princípio que restringe o intercurso entre o consciente e o inconsciente.

Mas enfim, num mundo ideal deveríamos treinar a ponto de não precisarmos de artifícios para passar pelo censor psíquico, deveríamos simplesmente querer esquecer e, esquecer, ponto. Entretanto... como dizia um professor meu, “na prática, a teoria é outra”. Como raios se esquece propositalmente de algo?

Particularmente nunca experimentei usar um sigilo para esquecer outro, mas pode funcionar muito bem, acredito. Às vezes uso música, de preferência daquelas que “grudam” na cabeça. Outras vezes já deixo um pensamento engatilhado, uma poesia decorada, um cálculo não muito simples mas que dê pra fazer de cabeça, algo que me tire dali. Sensações físicas podem auxiliar: um tapa no rosto, um banho frio, um corte na pele, álcool numa ferida previamente aberta... ah, dá pra inventar.

O alfabeto do desejo imagino que faça diferença sim, desde que seja o seu próprio alfabeto do desejo, criado por você; se tiver sido criado por outra pessoa não influi em nada.

Estou em processo de criação do meu alfabeto, era projeto para as férias do ano passado, mas vamos ver se nas férias desse ano a coisa vai. Tenho apenas uma ideia composta sigilada até então, mas confesso que é uma brincadeira fascinante e fiquei muito satisfeito com o resultado.

Desativado2060 mais de 1 ano

Se importaria em dizer qual treinamento tu usou ( ou usa) para atingir tal dominio? Liber III? Dharana? Provavelmente uma extenssa combinação dos dois e suas variações né?

Aluvaia mais de 1 ano

Sim, basicamente isso, Jugorum e Dharana.

Mas não é nada fácil, principalmente pra mim que sou geminiano (pra quem acredita astrologices), enxergo uma borboleta cor-de-rosa, saio atrás dela e acordo em outro município. Minha mente costuma ser relativamente afiada, mas também extremamente fugidia. Estou longe de atingir “domínio” sobre qualquer coisa e por isso criei atalhos como os descritos acima para as questões práticas.

E sabe o que é mais doido? É que tudo isso não se trata de um domínio sobre esferas, hostes, energias, entidades, mas sim um domínio do corpo! É um controle sobre algo que, para todos os efeitos, sempre tivemos a impressão de ter sob controle... só que não! Parece mentira, mas o bicho-corpo tem vontade própria.

Já pratiquei Jugorum até não sobrar antebraço, e olha que eu tenho dois.

Desativado2060 mais de 1 ano

Mas vc saberia me dizer como de fato funciona o alfabeto do desejo? O que exatamente ele oferece? o foco de desvio da atenção do sigilo?

Aluvaia mais de 1 ano

Pelo pouco que eu entendo sobre esse assunto (e isso eu não li e nem nunca ninguém me ensinou), o alfabeto do desejo anda meio que na contramão do sigilo ordinário no que tange à sua descartabilidade, pois ao passo que um sigilo qualquer você usa e bota fora, o alfabeto do desejo funciona, mais ou menos, como uma coleção de signos mágicos; você os cria, carrega energeticamente e guarda para quando quiser usar.

É interessante, creio, que se os construa como signos simples com ideias simples, que possam ser usados individualmente mas que também possam ser aglutinados para construir sigilos compostos.

É como se ao invés de você usar as letras do alfabeto normal para construir um sigilo, você usasse as suas próprias letras. Um sigilo complexo criado a partir do seu alfabeto do desejo terá, hipoteticamente falando, um poder de fogo muito maior porque foi construído a partir de algo que fazia já sentido para você e que já está previamente carregado. Por isso lhe disse no outro post que um alfabeto criado por outra pessoa não influi em nada.

Evidentemente que será muito mais difícil esquecer um signo não descartável, ou seja, o alfabeto do desejo não só não ajuda no desvio da atenção do sigilo como pode atrapalhar. Entretanto, pode-se construir um sigilo que será mais facilmente lido pelo seu inconsciente caso passe pelo seu censor psíquico pois ele já conhece as letras, ele já sabe o que aquilo quer dizer.

Proporcionalidade; quanto mais difícil o método, tanto mais eficaz... não sei se isso chega a ser uma regra, mas nesse caso se aplica perfeitamente.