Discussão: Lei da Atração, Maithuna, Anahata Chackra e Masturbação

Kunda2018 mais de 1 ano

Dúvida contendo: Lei da Atração, Maithuna, Anahata Chackra e Masturbação...

Amigos, boa noite.

Sou novo na comunidade, e antes de postar essa pergunta, eu já fiz uma busca básica e não encontrei nada que possa sanar.

Lendo mais sobre Taoismo (especificamente taoismo sexual), maithuna (tantra) e indo a fundo sobre os atributos dos chackras, me veio a seguinte dúvida:

Energia sexual sendo estimulada tanto pelo maithuna quanto pela própria masturbação (é claro, sem o derramamento do semem), acompanhado de mentalização em realizações, conquistas e etc, tem algum poder?

Pergunto isso, pois sabendo que o Anahata chakra é o centro das realizações, e a energia sexual tem o poder de limpar esses centros e "acelerar", pode-se dizer que se estimularmos a energia sexual para o anahata o efeito da "lei da atração" é intensificada?

Abraço e agradeço desde já a atenção dos amigos alquimistas!

Elisha mais de 1 ano

O que você acha?
Como acredita?
Como já experimentou?
Quais resultados obteve?

Saravá

Kunda2018 mais de 1 ano

O que você acha?
Minha visão é que tem tudo relacionado. Acredito que sim gera um potencial violento.
A lei da atração diz exatamente sobre o sentimento. Mentalizações + EMOÇÕES + Consistencia + Sensação de gratidão pelo JÁ OCORRIDO = realização do desejo.
E A ENERGIA sexual sendo a mais poderosa existente, intensifica o campo das emocões/sentimentos.

Como acredita?
Acredito o suficiente para praticar isso diariamente. kkk
Ficou confuso essa parte

Como já experimentou? e Quais resultados obteve?
Sou empresário, e lido com fluxo de dinheiro (que é energia). E 90% das mentalizações (sem intensificar usando a energia sexual) que fiz em 4 anos atrás, já se realizaram.

Agora quero iniciar mais realizações, porém usando energia sexual para intensificar mais.

Porém, gostaria de saber dos amigos alquimistas, se isso tem fundamento ou não (o uso da energia sexual, seja no maithuna quanto na masturbação com retenção seminal).

Abraço