Discussão: Assunto desconcertante

Caiolobo mais de 1 ano

Estou estudando nestes últimos tempos sobre Thelema e a Astrum Argentum, já estudo misticismo há mais de 10 anos, mas meu foco sempre era os esoterismo mais tradicional, como da idade média, cabala tradicional, rosacruz, até Eliphas Levi e um pouco de HPB. Aleister Crowley sempre me foi obscuro, mas depois que comecei a ver o que ele ensinava achei coisas maravilhosas e ainda uma série de coincidências me aproximaram ainda mais dessa linha de magia. Porém há alguns pontos que me deixaram com pé atrás e se puderem me dar a opinião de vocês para que possa clarear minha mente. Bem, vamos lá:

-Em alguns pontos de sua biografia aparece a questão da coprofagia, haveria necessidade de uso de fezes em algum ritual. Aleister teria algum motivo para esse ato, ou seria apenas um desejo ou então algo para impactar (como no caso de alguns de seus poemas)

-Em alguns pontos aparece um machismo em suas falas, qual seria o motivo para isso? E não achei nada de sua magia sexual para lésbicas, haveria algo?

-Ele teria se empolgado com a ascensão de Hitler e achava que ele poderia criar o ambiente propício para que a Lei de Thelema se propagasse. Crowley teve contato mais profundo com nazistas ou com a sociedade Thule? Como foi a vida dele no período da segunda guerra?

-Por fim, ele afirma que não é adequado usar gnomos para a obtenção somente de bens materiais, mas algumas vezes ele se utilizou da magia para bens materiais, mas acho que deve haver algum requisito para isso, qual seria o limiar para uso e abuso da magia para a obtenção de bens materiais?

Descumpem-me por tantas questões e por me prolongar tanto, mas to com essas questões pendentes na minha mente

Obrigado

Desativado2060 mais de 1 ano

Boa tarde prezado,

Eu não tenho respostas sobre todas essas perguntas, nem conheço muito bem a vida de Aleister Crowley. Mas farei o possivel para dar um pouco da minha visão sobre uma ou duas dessas perguntas, e espero que, possa agregar algo. Se não lhe servir, espero ser perdoado por tomar seu tempo :]

Em primeiro lugar, não diria que Aleister Crowley é a maior autoridade moderna, apesar de ter sido muito importante no contexto da evolução da raça. Você não tem a menor obrigação de repetir os rituais que ele criou (não que eu esteja insinuando que vc achasse isso, só estou enfatizando mesmo). Esse cara era doente. Não há nada de errado, em minha opinião, em ser doente, ou comer merda, nem mandar os outros comer merda, mas sinceramente, não é o método que eu prefiro usar, e ainda assim, é material de estudo muito valioso. Eu não acho que você deva se preocupar com Aleister Crowley ser machista, pra mim o que Aleister Crowley era não me importa em nada exceto no que vá me acrecentar algo. Nada disso vai tirar a credibilidade de algumas partes de seu trabalho. Na verdade, levando em conta o tanto de material interessante espalhado pela humanidade, tanto de épocas diferentes como de lugares diferentes, a biografia de Crowley me parece quase uma perda de tempo. Eu iria focalizar mais no 418, 111, Livro de thoth, 777, no sistema da A.'. A.'. em geral e seus libers, etc, e deixaria uma parte de minha energia para estudar trabalhos importantes também de outros modernos como Keneth Grant, Francis Xavier, Petter James carrol, Austin Osman, Dion frtune, etc etc. O ser humano é um animal. Comer fezes é algo que eu já considero normal, diante dessa raça que somos. Na verdade essas questões abomináveis (blasfemias, etc) possuem (dizem) uma certa importancia como método de liberação, mas é um assunto que não vou enfatizar, você pode encontrar seus proprios métodos de liberação, eu não acho que comer fezes seja um método indispensável (estou falando isso mas na verdade nem sei em que contexto se da esse ritual ai, não chegei a ler sobre isso ainda não, se não tiver a ver com liberação, que me perdoe. Mesmo assim, considerando a existencia de rituais com atos criminosos, isso é café com leite se pa, two girl and one cup fez isso por menos, mas pow, sendo honesto, matar alguém deve ser mt mais daora do que comer merda) mas acho essas coisas normais). Todos esses conteúdos devem ser absorvidos mas permanecerem latentes em ti (essa é minha visão sobre o assunto). Eu acredito que tu deves criar teu alfabeto simbolico, teus rituais, e tua maneira particular de interagir com o universo (claro, após uma compreensão, cofiança e firmeza em seu entendimento e experiencia com os sistemas tradicionais, a menos que seja uma rara excessão auto-didata como Austin). Na verdade, eu desconfio até que Aleister tenha deixado algumas armadilhas em seu trabalho! Isso é típico desses ocultistas discarados (Não foi assim o Eliphas levi com suas mentiras "obrigadas por juramentos" e na verdade até concordo com a ocultação dessas parada, naquele contexto é claro, que inclusive Aleister afirma ser ele mesmo em encarnações passadas?) Eu não tenho tempo para me escandalizar com essas palhaçadas. Minha experiencia com ocultismo é vasta e concreta o suficiente para eu saber a factualidade da magia antes de conhecer esses matériais. Eu estudo de Satanismo a gnosticismo, neo-xamanismo a farmacologia, e apesar de respeitar ENORMEMENTE tais génios que ofereceram esses materiais, não deixo nada disso me assustar. Não me interessa se ele transa de costas ou de frente, se come fezes, se é missógino ou machista. Se ele usava gnomos fadas ou duendes pra arranjar grana também não me interessa, pq acho muito mais legal (e economia de energia!) conseguir grana com meus empreendimentos de forma completamente materialista! Na verdade, eu não uso absolutamente nenhum poder especial pra cuidar de minha vida natural. É maravilhoso levantar cedo e correr pra perder calorias excedentes, eu nunca pensei em criar um sigilo pra isso. É muito legal e desafiador calcular, montar e apostar em um empreendimento e lutar por ele, e ver a grana entrando. É muito legal, o frio na brriga de conquistar uma garota sem lançar um encantamento de amarração, mas, dizem que todas essas coisas são possiveis usando magia. Graças a Deus não tenho necessitado gastar minha preciosa "energia magica" pra cuidar desses assuntos. Minha vida natural está sendo natural e deliciosa. A única coisa que me interessa é entrar em harmonia comigo mesmo e com o universo, e reservar e concentrar essa energia pra algo que faça mais sentido, e que "eu não consiga por meios convencionais" rs.

Desativado2060 mais de 1 ano

Então, resumindo (algo que não sou mt bom em fazer), não tenho as respostas para tais curiosidades suas a respeito da vida deste homem, só compartilho contigo que não deixe as loucuras dele tirar o crédito sobre seus trabalhos mais importantes. Eu não confio 100% em nenhum desses caras! Eu particularmente não entrego minha vida na mão desses drogados de jeito nenhum kkkkk mas eles tem acrescentado bastante em minha caminhada! São pessoas que eu admiro muito, e respeito. Desejo a você coragem e prudencia pra enfrentar o desconhecido, paz e iluminação! Boa tarde!

Caiolobo mais de 1 ano

Obrigado, eu estou realmente muito interessado no conhecimento de Crowley, e várias coisas que estavam em minha mente que eu pensava que era exclusividade minha Crowley já havia escrito. Estou estudando os libers da Astrum Argentum com bastante calma e cuidado, bem devagarinho para tirar o que seja proveitoso para mim. Crowley realmente é um grande mago, mas não gostaria de ser amigo dele rs

Desativado2060 mais de 1 ano

Tb penso assim as vezes kkkkk ele não se dava bem com uma galera do tempo dele, tipo o Waite kkkkkk