Discussão: Como começar?

Oestudante aproximadamente 1 mês

Apenas desejo conhecer o início das praticas que me eram e ainda são ocultas.

Eu não busco me tornar superior, ou me tornar poderoso, apenas desejo o conhecimento para mim mesmo, sempre tive e sempre terei sede pelo conhecimento.

Há tempo ouço sobre ocultismo, feitiçaria, bruxaria e sobre artes ocultas, o que me impediu até hoje foram os dogmas do cristianismo evangélico, que são parte do meu âmbito familiar, e para o cristianismo estas artes eram todas coisas do "Satanismo", mas a sede pelo conhecimento de tudo que tem haver com o funcionamento do universo me foi maior e eu ultrapassei os dogmas que me restringiam e comecei a ler sobre o assunto.

Tudo que me chama a atenção possui requisitos para funcionar corretamente, dos quais também precisam de requisitos, e nessas buscas sempre absorvo enormes quantias de conhecimento mas nunca a base correta.

Estou em uma fase onde não conheço a verdade, logo não diferencio uma fonte falsa de uma fonte verdadeira por conhecimento, apenas por intuito, e preciso da ajuda de alguém para me guiar neste caminho, escolhi esse fórum pois possui um termo que eu buscava "Viagem por tattwas", e me interessei pelo fórum, e venho por meio desta discussão pedir o auxílio de vocês por onde começar.

A princípio agradeço vosso auxílio e compreendimento.

Desativado2060 aproximadamente 1 mês

Bom dia,

Essa questão dos valores e conceitos "cristãos" é realmente complicado. A verdade é que fizeram uma bagunça ai, de maneira que você não pode descartar completamente tais valores, mas também deve desconstruir tudo isso. Destruir tudo mesmo. Entender que certas coisas que contaram para nós não passam de mentira, e que boa parte das pessoas vivem em um mundo de mentiras, e mesmo assim, há uma verdade ou outra espalhada por essas mentiras. Farei o possível para auxiliar você a desconstruir certos conceitos ilusórios, para você poder entrar no caminho da magia sem essa maldita confusão que fizeram em nossas mentes. Assim que der vou postar aqui novamente...

Dyulax aproximadamente 1 mês

Este site é voltado à filosofia e/ou religião chamada Thelema, fundada por um cara chamado de Aleister Crowley.

Aleister Crowley também era cristão. A família dele frequentava os Irmãos de Plymouth, e eram extremamente religiosos. Até certa idade ele só podia ler a Bíblia e nada mais. O pai dele costumava viajar distribuindo panfletos da Igreja. Eles achavam que só eles seriam salvos no dia do arrebatamento, que nenhum outro cristão era tão cristão quanto eles. Quando o menino aprontava, a mãe dele chamava ele de Therion (a besta do apocalipse).

Um belo dia o menino cresceu, começou a estudar fora, e descobriu o mundo. Começou a ler os clássicos da literatura e muita poesia. Num desses livros, A Nuvem Sobre o Santuário, ele descobriu sobre uma comunidade secreta de homens santos que regiam a humanidade, e decidiu que o objetivo de sua vida era se tornar um deles. E assim começou sua busca....

Eu não sei exatamente o que sugerir para te fazer se desprender do Cristianismo, mas talvez isso ajude - este texto é bastante incisivo, um tapa na cara, e tem imprecisões históricas, mas talvez te abra um mundo de possibilidades:

https://www.hadnu.org/publicacoes/23-carta-a-um-macon

Oestudante aproximadamente 1 mês

"Farei o possível para auxiliar você a desconstruir certos conceitos ilusórios, para você poder entrar no caminho da magia sem essa maldita confusão que fizeram em nossas mentes. Assim que der vou postar aqui novamente..."

Agradeço muito e aguardo ansiosamente pelo seu auxílio.

"Eu não sei exatamente o que sugerir para te fazer se desprender do Cristianismo"
Não se preocupe Dyulax, eu não estou preso ao cristianismo, somente preso à minha família, então práticas ritualísticas serão um obstáculo, mas sempre darei um jeito e aguardo muito o auxílio desta comunidade.

Tenham um bom dia.

Narkissos aproximadamente 1 mês

Saudações prezado buscador.

Trago á ti, com amor, este poema:

Pão, antes de ser palavra, é vontade de comer.
Pão é uma palavra que começa na fome.
E se pão houver, acaba-se a fome e o nome.

A seca bebeu todas as águas, a sede é grande.
A seca tomou conta de tudo.

O pão da minha terra está nas nuvens.
E eu tenho medo -- o meu boi morreu.

A seca tem me tirado o fôlego.
A seca, às vezes, me dá vontade de desistir.

Ainda assim, persiste em mim a poesia
e essa vontade de inundar o mundo.

Aí eu monto em meu cavalo baio,
entro no mato e ascendo nos garranchos
e começo a soltar meus aboios
para espantar o medo para bem longe.

A seca de tudo é terrível!
Se você vacilar a poesia some.
-JOSÉ INÁCIO VIEIRA DE MELO

Muita luz em sua jornada,
recomendo uma curta leitura- https://www.hadnu.org/publicacoes/189-liber-librae .

Oestudante aproximadamente 1 mês

"Muita luz em sua jornada,
recomendo uma curta leitura- https://www.hadnu.org/publicacoes/189-liber-librae ."

Agradeço o texto, e o li, muito obrigado por compartilhar esta publicação, a li e compreendi, e espero ansiosamente por mais.

Oestudante aproximadamente 1 mês

Não sei se esse termo existe, mas preciso de alguém que me "adote" por assim dizer e me crie como uma ovelha sem pastor, sem direção e em frente a um abismo, preciso de ajuda no meu caminho, e estou perdido com tantos livros e informações interessantes que me perco, preciso mesmo de ajuda. E vi que muitos livros são em inglês, e se forem mandar livros em inglês, não se segurem, eu conheço a língua.

Dyulax aproximadamente 1 mês

Antigamente o conhecimento era restrito e secreto. Hoje em dia é tanta informação que a gente se afoga nesse mar de livros.

Um livro que sempre sugiro é O Essencial da Golden Dawn de Chic e Tabatha Cicero, porque ele é introdutório a tudo: cabala, magia, hermetismo, alquimia, tarô, geomancia, etc. Ele explica brevemente a origem e definição de cada uma dessas matérias e sugere uma bibliografia para se aprofundar.

Bom, curto e barato.

Asaliah aproximadamente 1 mês

O Essencial da Golden Dawn é muito bom, adoro livros como esse.Recomendo e MUITO, o Self Initiation Into the Golden Dawn, do Chic Cicero também.

A princípio, não se prenda muito a vestes e ferramentas (São importantes sim), mas muito da transformação pessoal/intelectual ocorrem de dentro, e a fervorosa vontade ajuda, e muito!!

Não "pratico" Thelema mas esse forum é fantástico, me guiou em muitas das minhas buscas.

Mas basta apenas você aguadar os próximos comentários dos amigos acima, são bem Old School e manjam p krl :)

Aluvaia aproximadamente 1 mês

Não sei se esse termo existe, mas preciso de alguém que me "adote" por assim dizer e me crie como uma ovelha sem pastor, sem direção e em frente a um abismo, preciso de ajuda no meu caminho, e estou perdido com tantos livros e informações interessantes que me perco, preciso mesmo de ajuda.

Acho que uma coisa que você pode fazer é usar esse canal para ir questionando quando tiver dúvidas, o povo aqui tem muito boa vontade e curte poder auxiliar quando possível. Divida informação e questionamentos e, muitas vezes, poderá estar inclusive ajudando outros que tem dúvidas semelhantes as suas. Muitas vezes tem coisas que a gente nem sabe que não sabe até alguém levantar a lebre.

E como o Asaliah disse, tem muita galera Old School que manja muito... e não só isso, tem neguinho New School também, tem uns caras do Oriental, do preto e cinza, tem de tudo. : D

Oestudante aproximadamente 1 mês

Neste momento estou devorando o livro "Iniciation to hermetics" de Franz Bardon e logo que terminar este vou ler O Essencial da Golden Dawn.

Agradeço a toda a galera Old School que manja muito e a galera New School que vem aí. Qualquer dúvida que eu tiver vou colocar aqui pra criar como um registro dos meus feitos assim sempre saberei aonde recorrer quando me esquecer de algo.

Desativado2060 aproximadamente 1 mês

Tem-se mostrado evidente que as religiões surgiram de certos fenômenos que na maior parte das vezes podem ser reproduzidos diante de certas condições. Vários sistemas simbólicos surgem da necessidade de comunicar tais fenômenos e as idéias que são obtidas diante dessas experiências. No caso do cristianismo, alguns acontecimentos históricos dificultaram a análise desse sistema (para mais detalhes leia “uma carta a um maçon” – Marcelo Ramos Motta, como já foi recomendado pelo prezado Dyullax). Foram assuntos políticos de maneira geral. A verdade é que isso nos afeta até hoje, devido aos paradigmas que estão encravados em nossa sociedade.

A justiça da natureza é exata, como a matemática, e não sentimental, como a ideia de um ser barbudo antropomórfico que nos ama (não quero dizer com isso que não possa existir um certo tipo de ser complexo dotado de algumas características semelhantes, mas quero dizer que o universo não foi criado por ele(s), deixo aqui uma breve citação de James Carrol: "[parece que] os deuses" nascem da mesma força "não-antropomórfica" que criou o universo e nós mesmos").

"Não há lei além de faze o que tu queres". Para cada ação há uma reação, e essa é a lei. Saber a conseqüência das coisas antes de executar uma ação é fundamental. Treinar o corpo e mente para executar as ações sob o domínio da razão também é fundamental, pois mesmo sabendo a conseqüência de certas coisas você ainda pode executá-las por impulso, ou por emoção. Adquirir informação antes de agir, para antecipar as conseqüências, e treinar o corpo e a mente para obedecer ao comando da razão (e da emoção em alguns casos. Sim, em alguns casos, ou talvez um equilibrio de ambos). Essas duas coisas devem preceder a aplicação da vontade.

Ocultismo, feitiçaria e magia são coisas diferentes. Segundo meu ponto de vista, a feitiçaria acontece quando alguém possui algumas habilidades, ou enfim, descobriu algum meio de “hackear” a realidade, mas faz isso sem compreender exatamente os princípios que estão ligados àquelas coisas que ele está movendo (dessa maneira “feitiçaria realmente é coisa do diabo” mas não por que alguém vai punir você, mas simplesmente por que você agiu sem saber exatamente o que estava fazendo e colheu conseqüências negativas para você). Como a lei de causa e efeito é uma lei da natureza, o universo não vai abrir exceção. Ele vai dar a conseqüência de seu ato tão certamente como o nascer do sol. Magia por outro lado pode se referir uma parte soberana da ciência (exatamente o oposto de feitiçaria), enquanto misticismo trata-se da busca pessoal de cada um. É nessa busca que você vai empunhar uma espada invisível e lutar contra demônios, ogros, ser visitado por anjos e muitas outras aventuras, figurativamente falando. Diferenciar tais conceitos é algo de grande importância para começar.

Asaliah aproximadamente 1 mês

"O feiticeiro se vende ao Diabo.
O Diabo se vende ao mago"

Deve estar errado a frase, ñ lembro direito...(Eliphas Levi)

Oestudante aproximadamente 1 mês

Obrigado Oath pelo auxílio até aqui, estou fazendo a lista de livros.

Vlw pelo texto Asaliah ;)

Desativado2060 aproximadamente 1 mês

Dessa maneira, deixo aqui essas 4 dicas que eu considero muito importantes. Conceitos que devem ser esclarecidos. A primeira (primeiro parágrafo), busca dar uma definição breve e cientifica do que seria a religião. A segunda dica refere-se a o que é deus. A terceira dica busca abordar o que é ética. De onde vem as leis? A quarta dica refere-se a o que é essa coisa de magia, ocultismo, etc. Desculpe responder dessa maneira, fragmentada. Tenho tido pouco tempo e nergia ultimamente. A última dica: não jogue o bebê fora junto com a água da banheira, esta última busca alertar a cerca do preconceito. Não passo de um iniciante também, mas espero ter ajudado. Há muito a se refletir nessas palavras aparentemente desconexas kkkkkk eu busquei concentrar conhecimento que achei adequado para sua aparente situação. Boa sorte, que a paz de nosso senhor Jesus venha abundar aos que nos cercam, assim como sua iluminhação, e que não nos falte coragem nem prudencia para enfrentar o desconhecido, amém.