Liber LXV vel Cordis Cincti Serpente Comentado por Aleister Crowley e Marcelo Ramos Motta


A∴A∴
Publicação em Classe A.
Comentários de Aleister Crowley em Classe B.
Comentários de Marcelo Ramos Motta em Classe C.

NOTA EDITORIAL

O texto original (tradução) do Livro Santo é escrito em tipo normal, porém sublinhado. Os Comentários por Frater O.M. (Aleister Crowley) são em tipo comum. Os Comentários por Frater A. (Marcelo Motta) são em tipo comum dentro de colchetes.

(Nota de Frater S.R.: para esta edição eletrônica, o texto original de Liber LXV ficará em negrito, os comentários de Crowley em fonte normal, e os de Motta em itálico. A Introdução foi escrita por Motta, não por Crowley. Estes comentários também são conhecidos como Preliminary Analysis of Liber LXV, com exceção dos comentários adicionais de Motta, é claro. Esta versão foi digitada por Frater P.G. a partir do original datilografado por Motta, para uma tradução que Adjuvo fez do The Equinox V(2). O texto foi revisado com a versão inglesa dos comentários de Motta, onde constatamos que alguns comentários eram originais da língua portuguesa. Também revisamos com a versão do comentário publicada na série In The Continuum por Soror Meral, para distinguir perfeitamente os comentários de Motta dos de Crowley. Algumas palavras foram “modernizadas”, e o uso de maiúsculas e minúsculas em alguns casos foi corrigido).

O texto original é, naturalmente, em Classe A. Os Comentários de Frater O.M. são em Classe B. Os Comentários por Frater A. são em Classe C.

O Autor do Livro Santo é, claro, V.V.V.V.V., Mestre do Templo da A∴A∴. É inútil especular sobre sua relação com Aleister Crowley. Antes trabalhe para se tornar Mestre do Templo você mesmo, e você compreenderá.

Que o leitor seja avisado que embora, por razões de estilo, a pronunciação masculina é usada para os Candidatos na maioria destes Comentários, a A∴A∴ aceita tanto homens quanto mulheres, e informação valiosa para um sexo é tão valiosa para outro.


Traduzido por Marcelo Ramos Motta.