Ordo XI

Iª / A:
Liber Nut –
Meditação de Nuit

0. Faça um relaxamento inicial, e pranayama lento.

1. Visualize um círculo brilhante ao redor do espaço de trabalho, e um ponto brilhante no meio de seu coração. Medite sobre a imagem de Nuit como uma mulher em um vestido azul e dourado que segura a baqueta de lótus e uma ankh. Ela carrega um vaso no topo de sua cabeça (essa cabeça é o caldeirão das bruxas e a Urna do Espírito).

2. Visualize Nuit à sua frente.

3. Desperte a esfera que brilha em seu coração. Anseie por ela.

4. A imagem de Nuit está se fundindo com essa esfera, e agora ela está em seu coração.

Medite sobre isso por um tempo.

5. A imagem de Nuit agora está crescendo, ela se torna cada vez maior, ela preenche você inteiro, ela preenche o templo, ela preenche a cidade, o estado, o país, o continente, todo o planeta Terra, ela abrange todos os planetas do Sistema Solar um por um, ela está englobando toda a galáxia, o Universo inteiro.

6. Então, voe para cima, ascenda! Suba voando!

7. Ascenda até aquele jarro na cabeça dela, ele também é enormemente infinito. Você está vendo o céu noturno, repleto de estrelas, a imagem de Nuit como uma mulher se inclinando sobre o universo está aparecendo.

8. O triângulo azul está descendo dela para você, e você está se tornando o triângulo vermelho. Dois triângulos estão se fundindo em um hexagrama de seu coração. Agora, sinta a si mesmo dentro desse hexagrama.

9. A estrela de cinco pontas – um Pentagrama – com um círculo vermelho no centro, está aparecendo (este pentagrama é preto ou prateado quando a Lua está minguante, e branco ou dourado quando a lua está crescente).

10. Nuit lhe revelará o teu próprio símbolo que você deve colocar dentro do círculo vermelho.

11. Una-se com esse pentagrama, a esfera vermelho-fogo está em seu coração, tudo ao redor é céu noturno azul estrelado.

[***] [1]

12. A Lótus do seu coração agora está se abrindo, e revelando a Estrela brilhante. No centro dessa Estrela há uma pequena fagulha.

13. Você é essa Estrela no corpo sem fim de Nuit!

14. Sinta, agora, que você está caindo, caindo nas profundezas do infinito.

15. Com a queda você está dissolvendo todo o teu ser no corpo de Nuit.

16. Aproveite o silêncio. Medite sobre a não-meditação. Seja um observador.

(Isso pode durar o tempo que sentir que é adequado para você). 

17. Volte para o seu corpo, e continue por algum tempo com um pranayama lento.


[1] No lugar marcado com [***] você pode se tornar mais consciente com o vaso-caldeirão-urna, você pode ver abaixo as águas celestes, onde as lótus branca e negra flutuam, você vê uma Montanha, e no topo desta Montanha há um Ovo. Ao invés disso, um Ovo com um Olho pode aparecer (você pode visualizá-lo durante a prática).E você pode unir-te com o Ovo. Ao entrar no Ovo você pode ver a Serpente e a Pomba, ou o Leão e a Águia (isso irá/pode ser escolhido pelo seu self interior) e você pode te unir com eles e/ou comunicar- te com eles. A visão toda pode se tornar uma visão da imagem de LAM.


Traduzido por Frater S.R.