Banner

The Equinox Vol. I N° 10,
Setembro de 1913 e.v.

[Estas páginas são reservadas para os Pronunciamentos
Oficiais do Chanceler da A
∴A]

Solicitamos que as pessoas que desejarem obter informações, assistência, interpretação adicional, etc. entrem em contato com

O CHANCELER DA A∴A∴
c/o The Equinox,
33 Avenue Studios,
76 Fulham Road,
South Kesington, S.W.

Telefone: 2632, Kesington,

ou que visitem este endereço mediante agendamento. Um representante estará lá para encontrá-las.

======================

O Chanceler da A∴A∴ deseja advertir aos leitores do The Equinox que não aceitem instrução em nome dela de um ex-Probacionista, Capitão J. F. C. Fuller, cujo mote era “Per Ardua”. Esta pessoa nunca avançou além do Grau de Probacionista, nunca enviou um registro, e presumivelmente nem realizou as práticas e nem obteve resultados. Ele não tem, e nem nunca teve, autoridade para dar instruções em nome da A∴A∴.

======================

O Chanceler da A∴A∴ considera desejável fazer uma breve declaração da posição financeira, já que chegou a hora de fazer um esforço para disseminar o conhecimento até os confins da terra. Os gastos com propaganda são aproximadamente os seguintes —

Manutenção do Templo, e serviço £200 p.a.
Publicações £200 p.a.
Publicidade, despesas com eletricidade, etc. £200 p.a.
Manutenção de um Eremitério onde os Irmãos pobres possam fazer retiros £200 p.a.
__________
  £800 p.a.

Assim como no passado, as pessoas responsáveis pelo movimento dedicarão todo o seu tempo e energia, bem como sua riqueza mundana, ao serviço da A∴A∴.

Infelizmente, as quantias à sua disposição no presente não são o suficiente para o adiantamento contemplado, e consequentemente o Chanceler apela pelo auxílio daqueles que encontraram nas instruções da A∴A∴ um meio certo para o fim que buscavam. Todo o dinheiro recebido será aplicado somente para ajudar aqueles que ainda não entraram no círculo da luz.

O Chanceler deseja expressar sua gratidão com aqueles que generosamente deram um passo à frente e ajudaram. A quantia total, no entanto, ainda não está garantida, e ele espera que aqueles que estiverem interessados façam um esforço especial sem demora.

======================

Devido à tensão desnecessária lançada sobre os Neófitos por pessoas despreparadas, totalmente ignorantes do básico, prestando o Juramento do Probacionista, o Imperator da A∴A∴, sob o selo e pela autoridade de V.V.V.V.V., ordena que todas as pessoas que desejam se tornar um Probacionista da A∴A∴ devem primeiramente passar por três meses como um Estudante dos Mistérios.

Ele deve possuir os seguintes livros: —

  1. The Equinox, do Número 1 até o número mais recente.
  2. Raja Yoga, de Swami Vivekananda.
  3. O Shiva Sanhita ou o Hathayoga Pradipika.
  4. Konx Om Pax.
  5. O Guia Espiritual, de Miguel de Molinos.
  6. 777.
  7. Rituel et Dogme de la haute Magie, de Eliphas Levi, ou sua tradução, por A. E. Waite.
  8. A Goetia do Lemegeton do Rei Salomão.
  9. Tannhäuser, por A. Crowley
  10. The Sword of Song, por A. Crowley
  11. Time, por A. Crowley
  12. Elêusis, por A. Crowley
    [Estes quatro últimos podem ser encontrados em seu Collected Works.]
  13. O Livro da Magia Sagrada de Abramelin o Mago.
  14. O Tao Te Ching e Os Escritos de Chuang Tsu (Sacred Books of the East, Vols. XXXIX, XL).

Um exame sobre estes livros será feito. O Estudante deverá demonstrar uma familiaridade completa com eles, mas não necessariamente compreendê-los em qualquer sentido mais profundo. Ao passar no exame, ele poderá ser admitido ao grau de Probacionista.

======================

Com a publicação do Número X do The Equinox, os Pronunciamentos Oficiais da A∴A∴ cessarão, de acordo com a Regra da Ordem, que prescreve Cinco Anos de Silêncio alternados com Cinco Anos de Fala. Este Silêncio foi mantido do ano 0 ao ano IV desta era. A Fala seguiu, do ano V ao ano IX. Portanto, o Silêncio será mantido do ano X ao ano XIV. Portanto, não haverá mais publicações abertas feitas pelo Executivo até março de 1918[1] E.O.

Editorial

O Periódico da O.T.O. — o Oriflamme, agora passará sob a Edição do Irmão Crowley. No futuro, ele será lançado regularmente no primeiro dia de cada mês, a partir de janeiro de 1914. Ele também será um periódico oficial do Rito Antigo e Primitivo da Maçonaria, que inclui o Rito Escocês Antigo e Aceito, o Rito de Memphis e o Rito Oriental de Misraim. Outros detalhes serão anunciados no devido curso.

Surgiu uma circunstância de interesse excepcional sobre o artigo do N° 9, “Entusiasmo Energizado”. Na época o autor não estava familiarizado com a literatura daqueles gnósticos que foram os primeiros e os únicos Cristãos verdadeiros. No entanto, em Fragments of a Faith Forgotten encontramos a seguinte passagem:

“Após o banquete eles mantém o santo festival que dura a noite inteira. E é assim que ele é realizado. Eles todos ficam de pé em um grupo, e pela metade do entretenimento eles primeiro se separam em dois grupos, homens de um lado e mulheres do outro. E um líder é escolhido para cada um, o condutor cuja reputação é a maior e que é o mais apto para a posição. Então eles cantam hinos feitos em honra de Deus em muitos ritmos e melodias, às vezes cantando em coro, às vezes um grupo fazendo percussão para o canto de resposta ao canto do outro, (agora) dançando à sua música, (agora) o inspirando, num momento em hino processionais, em outro mantendo canções, tornando e retornando à dança.

“Então quando cada grupo terminou de banquetear (ou seja, cantou e dançou) à parte, bebendo do (néctar) que agrada a Deus, assim como nos ritos de Baco os homens bebiam o vinho não-misturado, então eles se juntam, e um coro é formado pelos dois grupos, imitando o coro unido nas margens do Mar Vermelho, por causa dos maravilhosos trabalhos que foram ali efetuados. Pois o mar, ao comando de Deus, se tornou para um grupo uma causa de segurança, e para outro uma causa de ruína.

[Fílon aqui se refere à lendária dança de triunfo dos Israelitas na ocasião da destruição do Faraó e seu exército, quando Moisés conduziu os homens e Miriã as mulheres em uma dança em comum; mas os Terapeutas em todo o mundo não conseguiriam traçar o costume a este mito.]

“Assim o coro de homens e de mulheres Terapeutas[2], sendo formado o mais próximo possível deste modelo, por meio de melodias em partes e harmonia — as notas altas das mulheres respondendo aos tons graves dos homens — produz uma sinfonia harmoniosa e da mais musical. As ideias são das mais belas, as expressões são das mais belas, e os dançarinos reverentes; em quanto o objetivo das ideias, expressões e danças é piedade.

“Assim bêbados até a luz da manhã com esta embriaguez aceitável, sem a cabeça pesada ou sonolência, mas com os olhos e o corpo mais renovados do que quando começou o banquete, eles tomam suas posições ao alvorecer, quando, observando o sol que se levanta, eles levantam suas mãos aos céus, orando pela luz do sol e pela verdade e pela avidez por visão espiritual. Após esta oração, cada um retorna a seu próprio santuário, ao seu fluxo costumeiro de filosofia e labor em seus campos.

“Até aqui discutiu-se os Terapeutas, que são devotados à contemplação da natureza e vivem nela e na alma sozinhos, cidadãos dos céus e do mundo, legitimamente recomendados ao Pai e Criador do Universo por sua virtude, que lhes fornece Seu amor, virtude que propõe como prêmio a recompensa mais adequada de nobreza e benevolência, superando qualquer presente da fortuna, e o primeiro da raça ao próprio objetivo da bem-aventurança.”

Imediatamente se perceberá a impressionante semelhança disto com o relato do ritual derivado de considerações a priori.

Carta Recebida

“Querido Sir,

“Seu nome foi altamente recomendado para mim na Occult Review dos Srs. William Rider & Filho, que você é um dos Magistas mais famosos do mundo. Portanto, eu aqui solicito que você envie para mim se possível o seu catálogo de preços ilustrado dos seus Poderes. Eu quero Hipnotismo, Clarividência, Talismãs, Amuletos para Garotas, Anéis e Cintos Elétricos, etc. Não deixe de enviar o que solicitei na próxima leva de correspondências. Serei um de seus melhores fregueses no mundo.

“Sinceramente seu,
“E ——.”

É nisso que dá a amabilidade de Crowley em aceitar A. E. Waite como um discípulo! Por favor note que ele cuida desse departamento sozinho, e é necessário se comunicar com ele diretamente.

Conforme explicado no número anterior, o Volume II do Equinox consistirá de Imaculado Silêncio.  No entanto, no Volume III esperamos publicar um estudo completo da Cabala Grega, com um dicionário numérico nas mesmas linhas do Sepher Sephiroth; um ensaio sobre os efeitos daquele elixir que Frater P. redescobriu, e cujos resultados já se provaram notáveis, com a compleição do trabalho do Dr. Dee, do qual duas seções já foram publicadas. Et Cetera.

Parabenizamos Phoebe Miller e a Senhora Abdy por seus mais recentes empreendimentos no matrimônio.

É claro que é de conhecimento comum que a A∴A∴ e o Equinox e todo o resto disso são uma piada estúpida de Aleister Crowley. Nós meramente desejávamos ver se alguém era tolo o bastante para levá-lo a sério. Muitos o fizeram, e ele não se arrepende dos poucos milhares de libras esterlinas que isso lhe custou.

Poucas pessoas são ignorantes do fato de que a A∴A∴ e o Equinox e todo o resto são um esquema desonesto de Aleister Crowley para acumular uma enorme fortuna em poucos meses. Com os três milhões e meio de libras esterlinas que ele recebeu, agora ele vai se retirar para Paris[3], e fazer como Nero, Calígula, Vitélio, Messalina, Heliogábalo e outros.

Pode ser um alívio para alguns saber que não existe tal pessoa como Aleister Crowley. Provavelmente ele é um mito solar.


[1] «O correto é março de 1919.»

[2] «Aqui Terapeuta se refere a uma antiga seita monástica judaica, e não a psicólogos e outros profissionais modernos que recebem esta denominação.»

[3] Uma cidade muito perversa na França Ateísta.


Traduzido em janeiro de 2019 por Alan M. W. Quinot.