Primeira carta de Germer a Motta, 18 de abril de 1953

Karl J. Germer
HAMPTON NJ

18 de abril de 1953

Sr. Marcelo Ramos Motta
Louisiana State University
Pan American House
Baton Rouge. La

Caro Sr. Motta:

Faze o que tu queres há de ser tudo da Lei.

O Sr. Parsival Krumm-Heller enviou-me algumas páginas de uma tradução em inglês de um livro o qual ele escreve que você pretende publicar. Uma seção trata do falecido Aleister Crowley. (Mestre Therion)

Deixe-me dizer que eu estive em conexão muito próxima com o Sr. Crowley de 1925 até sua morte em dezembro de 1947, e fui apontado por ele como seu herdeiro, e todas as suas sobras literárias foram enviadas para mim. Para este efeito, eu adquiri uma casa, deixei Nova York, que era meu lar permanente, e aqui nós estabelecemos uma sede e estamos planejando publicar o vasto material literário que ele deixou sem publicar. Alguns desses livros são os mais importantes que ele já escreveu.

Isso apenas para introduzir. É desnecessário dizer que fiquei contente quando li a sua, em minha opinião - excelente apreciação do Sr. Clymer, embora eu duvido que você já tenha visto algo do material um tanto sujo que ele escreveu contra A.C.

Por outro lado, fiquei muito surpreso com o seu reconhecimento de Aleister Crowley. Algumas das coisas que você escreve exigem correção, evidentemente baseado na desinformação. Se você tivesse a oportunidade de estudar suas obras, que compreendem cerca de 60 a 100 livros publicados, e os muitos livros que estão em processo de publicação, você obteria, naturalmente, uma imagem mais verdadeira.

Estou me perguntando quais os livros de Crowley que você tem, ou leu (apenas alguns muito poucos estão disponíveis em bibliotecas). Você morava na Europa? Ou em Portugal? Você conheceu Fernando Pessoa, Lisboa? Você se importaria de me dar alguns dados sobre si mesmo, a sua casa (residência), idade (se possível, ano, dia, hora, local de nascimento)? Desculpe-me por estas perguntas: quanto mais rápido chegarmos a conhecer um ao outro, o mais rápido podemos avançar. Se você for um brasileiro: você por acaso conhece um homem pelo nome de Will Sandvoss, que dirige a Fraternidade Rosa Cruz do Brasil em São Paulo? Ele me escreveu recentemente, e eu nunca o conheci.

Isso é tudo por hoje. Espero ouvir logo de você.

Amor é a lei, amor sob vontade.

Karl Germer


Traduzido por Frater S.R.