Sobre os Robes (um Lembrete a um Probacionista)

Um capítulo de Liber Zelotes

Liber “Zelotes” faz parte da trilogia com Liber “Adeptus” e Liber “Magistri”. “Zelotes” no geral descreve o significado e as práticas da A∴A∴, “Adeptus” trata da “Ordo Thelema”, e “Magistri” é uma coletânea dos Livros Sagrados de Thelema com comentários.

.
Leia em 4 min.

Sobre os Robes (um Lembrete a um Probacionista)

Isto deve ser mencionado para os Probacionistas – para que eles não se esqueçam: o Objetivo da Probação e Ordálias é um: a saber, selecionar Adeptos. Mas o método aparece duplo: 1) Fortalecer o apto, e 2) Eliminar os inaptos. Isso não é muito simples? E não há necessidade de explicação – as “razões” são claras.

Desde que o nosso trabalho (métodos, práticas, resultados e provas) é individual, Probacionistas não devem trabalhar juntos. Probacionistas deverão trabalhar com o seu Neófito ou sozinhos. Desrespeitar essa regra pode ser um obstáculo ao progresso. Você pode perguntar: por que isso? Mas eu lhe digo, há um aviso semelhante em Liber כף vel Αγαπη, onde se sabe que um Vampiro ocorre aos neófitos, que o atrai para longe do caminho e destrói o Neófito – não tome isso literalmente – ninguém deve se tornar escravo de ninguém, você não deve deixar alguém “pregar” o que fazer, por isso é mais simples trabalhar sozinho do que se prender a alguém/alguma coisa no início do caminho e, assim, desviar-se: ou como diria Liber Legis: “Sucesso é tua prova. Não discutas; não convertas, não fales demais”. E esta é uma forma de compreensão da Esfinge.

E agora sobre os robes, mas assim (em suma) a partir desta descrição a natureza correspondentes das Esferas e Graus podem ser percebidas:

O robe do Probacionista é adequado para a realização de invocações em geral, e especialmente para a Invocação do Sagrado Anjo Guardião; nemes branco e dourado pode ser usado. Este robe pode ser usado pelo assistente do Mago em todos os rituais do Branco.

O robe do Neófito é adequado para todas as operações elementares. Um nemes preto e dourado pode ser usado. O assistente do Mago pode usá-lo em todos os rituais do Negro.

O robe do Zelator é adequado para todos os rituais que incluem I O, e para todos os rituais infernais da Lua. No primeiro caso pode ser usada uma coroa uraeus e nemes roxo, no segundo um nemes prata.

O robe do Practicus é adequado para rituais relativos a I I, e para rituais de Mercúrio. No primeiro caso pode ser usada uma coroa uraeus e nemes verde, no segundo um nemes escuro de seda.

O robe do Philosophus é adequado para rituais relativos a O O, e para rituais de Vênus. No primeiro caso pode ser usada uma coroa uraeus e nemes azul, nos outros um nemes verde.

O robe do Dominus Liminis é adequado para rituais infernais do Sol, que nunca devem ser celebrados.

O robe do Adeptus Minor é adequado para rituais do Sol. Nemes dourado é usado.

O robe do Adepto é adequado para os trabalhos especiais do Adeptado, e para o Guardião do Primeiro Portal da Cidade das Pirâmides.

O robe do Adeptus Major é feito para o Mago Chefe em todos os rituais e evocações do Inferior, para a realização de rituais de Marte, e para o Guardião do Segundo Portal da Cidade das Pirâmides.

O robe do Adeptus Exemptus é feito para o Mago Chefe em todos os rituais e invocações do Superior, para a realização de rituais de Júpiter, e para o Guardião do Terceiro Portão da Cidade das Pirâmides.

O Bebê do Abismo não tem robe.

Para os rituais de Saturno, o Magista pode usar robe preto, bem costurado, com mangas apertadas, bordas brancas, e com o Selo e Quadrado de Saturno no peito e nas costas. Um chapéu cônico com os Sigilos de Saturno deveria ser usado. O robe do Magister Templi é apropriado para a grande meditação, para os rituais supremos da Lua, para os rituais de Babalon e do Graal. Mas este robe nenhum homem deve usar, pois sobre isso está escrito: “Ecclesia abhorret a sanguine”.

Qualquer um desses robes pode ser usado por qualquer pessoa de qualquer Grau durante as ocasiões adequadas.


Traduzido por Alan Willms