Liber Resh vel Helios

Uma instrução para a adoração do Sol quatro vezes diariamente, com o objetivo de preparar a mente para a meditação e de regularizar as práticas.

.
Leia em 4 min.
Banner

Liber Resh vel Helios[1]

sub figūrā CC[2]

Publicação da A∴A∴ em Classe D

Imprimātur:

N. Fra. A∴A∴Prō Coll. Summ.
I.
V.V.
7=4
6=5
Prō Coll. Int.
I.
S.L.E.
L.L.L.
Præmonstrātor
Imperātor
Cancellārius
Prō Coll. Ext.

Estas são as adorações a serem realizadas por todos os aspirantes à A∴A∴.

1. Que ele saúde o Sol ao amanhecer, de frente para o Leste, dando o sinal de seu grau[3]. E que ele diga em voz alta:

Salve a Ti que és Rá em Tua ascensão, bem como a Ti que és Rá em Tua força, que viajas acima dos Céus em Tua barca no Levante do Sol.

Tahuti permanece em Seu esplendor na proa, e Ra-Hoor continua no leme.

Salve a Ti das Moradas da Noite!

2. Também ao Meio-Dia, que ele saúde o Sol, de frente para o Sul[4], dando o sinal de seu grau. E que ele diga em voz alta:

Salve a Ti que és Ahathoor em Teu triunfo, bem como a Ti que és Ahathoor em Tua beleza, que viajas acima dos Céus em Tua barca no Meio-curso do Sol.

Tahuti permanece em Seu esplendor na proa, e Ra-Hoor continua no leme.

Salve a Ti das Moradas da Manhã!

3. Também ao Ocaso, que ele saúde o Sol, de frente para o Oeste, dando o sinal de seu grau. E que ele diga em voz alta:

Salve a Ti que és Tum em Teu poente, bem como a Ti que és Tum em Tua alegria, que viajas acima dos Céus em Tua barca na Descida do Sol.

Tahuti permanece em Seu esplendor na proa, e Ra-Hoor continua no leme.

Salve a Ti das Moradas do Dia!

4. Por fim à Meia-noite, que ele saúde o Sol, de frente para o Norte, dando o sinal de seu grau. E que ele diga em voz alta:

Salve a Ti que és Khephra em Teu ocultamento, bem como a Ti que és Khephra em Teu silêncio, que viajas acima dos Céus em Tua barca à Hora da Meia-Noite do Sol.

Tahuti permanece em Seu esplendor na proa, e Ra-Hoor continua no leme.

Salve a Ti das Moradas do Entardecer[5]!

5. E depois de cada uma dessas invocações, tu darás o sinal do silêncio, e depois realizarás a adoração que te foi ensinada pelo teu Superior. E então aquieta-Te em santa meditação.

6. Também é melhor se nessas adorações tu assumires a forma do Deus a Quem tu adoras, como se tu te unisses a Ele na adoração Daquilo que está além Dele.

7. Assim tu estarás sempre atento à Grande Obra que tu juraste realizar, e assim tu serás fortalecido para segui-la até a conquista da Pedra dos Sábios, o Summum Bonum, a Verdadeira Sabedoria e a Felicidade Perfeita.



  1. «Liber Resh vel Helios sub figūrā CC pode ser traduzido como “Livro de Resh ou Livro de Hélio”, uma referência à letra hebraica Resh (ר), que corresponde ao Sol, e ao deus romano Hélio, a personificação do Sol. Esta obra foi originalmente publicada nas páginas 29 a 32 do The Equinox Vol. I Nº 6, em setembro de 1911. Seu conteúdo foi descrito como: “Uma instrução para a adoração do Sol quatro vezes ao dia, com o objetivo de preparar a mente para a meditação e de regularizar as práticas”.» ↩︎

  2. «O autor explica a catalogação do texto sob o número 200 como: “O número de ר – o Sol”.» ↩︎

  3. Onde o aspirante não tiver grau, que ele dê os sinais fornecidos; Os sinais de L.V.X. ao amanhecer, 4=7 ao meio-dia, 2=9 ao pôr do sol, 3=8 à meia-noite. «Esta nota foi inclusa à mão por Aleister Crowley em sua cópia pessoal do The Equinox Vol. I Nº 6.» ↩︎

  4. «Abaixo da linha do Equador, o Sol do meio-dia fica ao Norte e não ao Sul, e o Sol da meia-noite fica ao Sul e não ao Norte, portanto, é necessário ajustar a prática de acordo para não ficar de costas para o objeto de adoração.» ↩︎

  5. «Originalmente são utilizados os seguintes termos para as Moradas: night, morning, day, e evening. Na falta de uma palavra para denotar o princípio da noite em português, optou-se por usar “entardecer” para evening↩︎


Traduzido e anotado por Alan Willms em março de 2018. Revisado por Lucas Fortunato em 2021.